Fernando Achiamé

3º ocupante

Fernando Antônio de Moraes Achiamé nasceu em Colatina, ES, em 1950. Auditor fiscal da receita estadual por concurso público. Mestre em História Social das Relações Políticas pelo Programa de Mestrado em História/UFES. Arquivista, historiador, pesquisador-associado do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Literatura do Espírito Santo (Neples/UFES), sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, ingressou na Academia Espírito-santense de Letras em 2016. Diretor do Arquivo Público Estadual (1975-83), membro do Conselho Estadual de Cultura (1982-87), professor de História da Arquitetura na UFES (1982-1997). É autor do Guia preliminar do Arquivo Público Estadual (1981), Catálogo dos bens culturais tombados no Estado do Espírito Santo (1991, em coautoria), do livro de poemas A obra incerta (2000), da pesquisa histórica O Espírito Santo na Era Vargas: Elites políticas e reformismo autoritário, publicada pela Fundação Getúlio Vargas com recursos da Lei Rubem Braga (2010) e do livro de poemas Livro novíssimo (2011). Organizou as edições de Memórias do passado: Vitória através de meio século, do padre Francisco Antunes de Sequeira, A capitania do Espírito Santo, de Mário Aristides Freire, e Reino conquistado: estudos em homenagem a Renato Pacheco, as duas últimas em parceria com Reinaldo Santos Neves. Organizou, para a Secretaria de Estado da Cultura, as reedições da História do Estado do Espírito Santo, de José Teixeira de Oliveira, e da Viagem de Pedro II ao Espírito Santo, de Levy Rocha e a edição de Carlos Lindenberg: Um estadista e seu tempo, de Amylton de Almeida. Elaborou estudo introdutório para o livro Diários das visitas pastorais de 1880 e 1886 à Província do Espírito Santo (Vitória, Phoenix Cultura, 2012), de autoria do bispo D. Pedro Maria de Lacerda.

Esta página está em construção, constando dela
apenas o acadêmico atual. Continuamos trabalhando
para que em breve todo o seu conteúdo esteja
disponível. Continue acessando.

Voltar

Índice de patronos e acadêmicos